CASA CERÂMICA 2019

26 mar 2019

Inovação e tecnologias sustentáveis marcam a obra apresentada na Feicon Batimat

Que tal conhecer a CASA CER MICA 2019 por dentro? Não apenas entrando em cada ambiente, mas também vendo o que tem dentro das paredes? Nessa edição isso vai ser possível! O visitante terá acesso a tecnologia BIM que cria digitalmente modelos virtuais precisos de uma construção. O uso do BIM também diminui tempo e custos porque evita retrabalhos para a equipe. Problemas como o projeto elétrico e o hidráulico usando o mesmo espaço em alvenarias ou pilares passando por janelas podem ser identificados rapidamente e resolvidos na fase de concepção e não durante a obra. É uma ferramenta importante para compatibilização dos projetos e isso diminui erros porque existem informações de cada bloco cerâmico, por exemplo. O visitante poderá conferir tudo de perto porque o modelo da CASA CER MICA 2019 está disponível em realidade aumentada e todos podem acessar durante e depois da feira.

Um outro ponto forte é o da segurança nos dispositivos elétricos. Segundo a Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel), os curtos-circuitos causaram 536 incêndios, a maior parte em casas, e 59 mortes em 2018. A CASA CER MICA 2019 apresenta um quadro elétrico com 3 componentes atuando em conjunto: o Disjuntor que desliga ao identificar sinais de sobrecarga ou curto-circuito, o Interruptor Diferencial Residual (IDR), responsável por evitar choques e o Dispositivo de Proteção Contra Surtos (DPS) que identifica a tensão altíssima causada por queda raio e a desvia rapidamente para o aterramento. Isso evita a queima de aparelhos e protege também os moradores. Os visitantes também vão conhecer um sistema de autoprodução de energia elétrica com placas fotovoltaicas. Quando a produção é maior que o consumo, o excedente vai para a rede distribuidora gerando um crédito para o dono do imóvel, o que torna possível reduzir a conta de luz em até 95%.

ÁGUA EM DESTAQUE:

Nessa edição a CASA CER MICA 2019 traz várias tecnologias sustentáveis focando o bem natural mais valioso para a vida: a água! Foi instalado um sistema de captação de água de chuva que vem com filtro e reservatório. A água, bem natural essencial, pode ser reaproveitada na descarga dos vasos sanitários. Também são utilizados equipamentos redutores de consumo, como bacias sanitárias com volume de descarga menor e torneiras com arejadores que diminuem o fluxo de água. E pela primeira vez pavimento permeável, que permite a passagem da água para o solo, será usado na área externa. Esse tipo de pavimento é ideal para áreas de tráfego leve, conforme previsto pela norma.

PROJETO: PARCERIA COM A CDHU

A CASA CERÂMICA 2019 e a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), ligada ao governo estadual de São Paulo, e mostra um modelo de negócio mais eficaz e econômico. O projeto apresentado é o mesmo usado para imóveis de dois dormitórios e atende famílias de baixa renda. Toda construção é feita no prazo máximo de 5 dias. A alvenaria armada, com blocos estruturais cerâmicos, segue as diretrizes de qualidade com pé-direito de 2,60m (que permite melhor iluminação e ventilação), laje, piso cerâmico em todos os ambientes, azulejo até o teto nas áreas molhadas, estrutura metálica para o telhado, área de serviço coberta e esquadrias de aço galvanizado com pintura eletrostática. No total, a CASA CER MICA 2019 conta com 47,87m² e atende aos parâmetros da Caixa Econômica Federal. A obra traz uma série de melhorias para tornar a moradia mais confortável, segura e durável. Existe a garantia de acessibilidade completa, que permite a circulação de moradores com deficiência por todo o imóvel. Os cômodos contam com espaço para girar cadeiras de rodas, corredores largos, portas com 80 cm de largura e banheiros acessíveis. As janelas têm altura que permite visão externa, com vãos de 90 cm e a área de serviço é coberta. Vale lembrar que as mesmas técnicas de construção, com alvenaria racionalizada com blocos estruturais, podem ser usadas em imóveis residenciais de médio ou alto padrão e também em edifícios.

OUTROS DESTAQUES:

Usando o modo racionalizado com alvenaria estrutural não existe sobra de material, ou seja, não há desperdício. O tempo de aplicação é menor, isso dá agilidade para a mão-de-obra. Há também uma economia de materiais, como ferragens e argamassa. Os sistemas elétrico e hidráulico já estão embutidos nos blocos cerâmicos, por isso, “rasgar” paredes é coisa do passado. O telhado é uma cobertura ecológica porque a madeira foi substituída por uma estrutura em aço galvanizado. Um dos cômodos está propositalmente sem laje para os visitantes conferirem melhor todo o sistema. ALGUMAS DAS VANTAGENS DO USO DE TELHAS E BLOCOS CER MICOS: - Com as telhas e os blocos cerâmicos de alto desempenho, há melhor qualidade de isolamentos térmico e acústico. - Valor estético, pois é possível deixar detalhes aparentes. - É possível assentar revestimentos cerâmicos direto nas paredes, sem a necessidade de rebocar. O mesmo vale para texturas e grafiatos. - Muita facilidade na supervisão da obra. - Menor número de equipes de trabalho. - Ótima resistência ao fogo. É a qualidade das telhas e dos blocos cerâmicos na sua obra, aliada à economia e agilidade de construção.

 PARA MAIS INFORMAÇÕES É SÓ ACESSAR: www.casaceramica.com.br ou @ceramicacasa


113217

Publicidade:



Aplicativo de Celular
O aplicativo gratuito em breve estará disponível para download nos sistemas Android e iOS.
Seja avisado



Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber as novidades da Feicon Batimat. Fique por dentro de tudo o que acontece.

Cookies são utilizadas para operar este site e para melhorar a sua usabilidade. Os detalhes completos sobre o que são os cookies, por que os usamos e como você pode gerenciá-los, podem ser encontrados na nossa página Privacidade & Cookies. Por favor, leve em consideração que ao utilizar este site você concorda com o uso de cookies.